1239661 old wall Saúde respiratória: mofo e poeira podem comprometer seu verão

Os dois principais problemas respiratórios no verão estão relacionados ao paciente portador de doença respiratória, que cessa ou reduz por conta própria o tratamento medicamentoso de sua doença de base, uma vez que apresenta melhora de seus sintomas.

A outra questão é a alta exposição destes indivíduos ao mofo e às poeiras, especialmente nas casas de praia e campo, onde passam as férias.

“A umidade não é propriamente o problema. O perigo está nos fungos proliferados com a umidade, que não somente causam as infecções respiratórias, mas também inflamação do tecido pulmonar, que pode levar a internações e outras complicações respiratórias”, explica Eduardo Henrique Genofre, diretor da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia.

No inverno, o tempo mais seco agride as vias aéreas. Já no verão, com mais chuvas e ventos, quem tem doença respiratória de base sofre mais pela oscilação de temperatura do que pelo clima. Essas mudanças provocam o aumento da incidência de resfriado, faringite e até pneumonia.

Ar-condicionado e ventiladores: os vilões

Aparelhos de ar-condicionado são também vilões nesta época do ano. Por causa deles, os cílios responsáveis pela limpeza da mucosa respiratória ficam mais lentos, acumulando o muco protetor nas vias aéreas e, como consequência disto, as bactérias e os vírus conseguem se instaurar nestas regiões.

Estes aparelhos devem passar por uma limpeza frequente para evitar a proliferação de ácaros, fungos e bactérias que se acumulam nos filtros do aparelho e são liberados no ar. Eles podem invadir as vias aéreas criando lesões inflamatórias ou infecciosas, como as pneumonias e alergias. Um adulto gripado que trabalha num escritório fechado com aparelho de ar-condicionado ligado pode disseminar o vírus para aproximadamente 70% das pessoas daquele ambiente.

Recomendações

Eduardo oferece algumas dicas para passar o verão sem sustos:

• Tome  líquidos para hidratar o corpo.

• Lave as narinas com soro fisiológico ou medicamento específico para esse fim.

• Evite o choque térmico das altas temperaturas em lugares abertos e clima frio em ambientes com ar-condicionado de maneira sucessiva.

• Pratique exercícios físicos regularmente, que ajudam a melhorar a respiração e a saúde.

• Mantenha a casa limpa e arejada, até mesmo as de praia e campo, que passam a maior parte do ano fechadas. Se possível, mantenha a casa aberta e bem ventilada algumas horas antes de ocupá-la.

.

da Redação do Portal “O que eu tenho?”

-


Que tal receber nossas notícias diretamente no seu email e ficar ligado em todas as novidades sobre saúde e bem estar? Email:


Aproveite e curta nossa página no Facebook:

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nenhum voto ainda)