2 1163569 87374871 Richard Dunstan 300x202 Divisão desigual de tarefas domésticas gera estresse psicológico nas mulheresDa mesma forma, ter uma posição socioeconômica menor que a de sua companheira traz maior sofrimento psicológico para os homens.

Um estudo realizado em uma pequena cidade na Suécia mostra que quando as mulheres são responsáveis pela maior parte do trabalho doméstico – mesmo trabalhando fora – elas estão mais sujeitas a sofrer de estresse psicológico. O sofrimento pode ser ainda maior, dependendo da igualdade percebida no relacionamento.

Os pesquisadores, liderados por Lisa Harryson da Universidade de Umea, usaram dados de uma população – 723 pessoas entre homens e mulheres – que vivia numa cidade no Norte da Suécia. Eles acompanharam estas pessoas de 1981 a 2007. A importância da posição socioeconômica familiar e percepção da desigualdade de gênero no relacionamento do casal, em combinação com o trabalho doméstico para estresse psicológica foram examinados por meio de uma análise de regressão logística.

Segundo os resultados, publicados no periódico PLoS ONE, duas combinações de variáveis – quando as mulheres tinham mais da metade das responsabilidades domésticas e tinham uma posição socioeconômica superior ou igual a dos companheiros – foram associadas com sofrimento psíquico. No entanto, mesmo quando as tarefas domésticas eram divididas igualitariamente ou quando a mulher tinha menos responsabilidades em casa, o nível de sofrimento psicológico foi alto quando somado a isso havia desiguldade de gênero na relação do casal.

Ter um salário menor que o da companheiro foi apontado no estudo como principal motivo de estresse psicológico entre os homens. Já quando a mulher e o homem eram percebidos como iguais na relação, não foi observado sofrimento psicológico, independente da divisão de tarefas.

“Ambas as direções de desigualdade no trabalho doméstico, em combinação com a experiência do relacionamento do casal como desigual, estão associado com sofrimento psíquico”, conclui Harryson.

-

por Marina Teles



Que tal receber nossas notícias diretamente no seu email e ficar ligado em todas as novidades sobre saúde e bem estar? Email:


Aproveite e curta nossa página no Facebook:

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nenhum voto ainda)